Sistema Fecomercio Sesc Senac IPDC

Três talentos, uma cidade: trabalhos desenvolvidos no Ceará ganham destaque em Londres

Três talentos, uma cidade: trabalhos desenvolvidos no Ceará ganham destaque em Londres

A cultura e a arte cearense estarão sob os holofotes de uma das cidades mais importantes do mundo em fevereiro. A partir do dia 15 de fevereiro, acontecem em Londres três exposições nascidas no estado e que se entrelaçam com a história do Senac Ceará: o designer cearense David Lee, formado em desenho de moda pelo Senac, expõe suas peças na Somerset House, já o Mestre do Couro, Espedito Seleiro, leva sua exposição e livro Meu Coração Coroado (Editora Senac) à Embaixada Brasileira na cidade britânica, que também recebe, no mesmo período, a exposição A Hora do Brasil, fruto de uma parceria entre o Senac/CE e o estilista Jum Nakao.

As peças de David Lee farão parte da mostra International Fashion Showcase (IFS), que selecionou 16 artistas entre os melhores designers de moda emergente no mundo para participar do evento, que acontece em simultaneidade com a London Fashion Week. David representa não somente o Ceará, mas todo o Brasil, sendo o único participante do país nesta edição. A coleção que o designer leva para a mostra fala sobre o homem contemporâneo, explorando elementos da dança e do esporte e tendo como base a alfaiataria, o militar e o sportswear: “Vamos focar em partes que compõem melhor a exposição, revelando a preciosidade dos sentimentos, das emoções, referenciando a delicadeza do balé e a força do atleta. A ideia é trazer para fora esse interior como primordial, por isso se chama Avesso”, ressalta o designer.

A International Fashion Showcase (IFS) tem o objetivo de explorar diferentes culturas e questões sociais de diversos lugares do mundo através das criações de jovens artistas da moda. O evento funciona também como impulsionador para esses jovens talentos, que passam por um rigoroso e longo processo seletivo. A iniciativa é organizada pelo British Council, British Fashion Council, London College of Fashion, UAL e Somerset House, e conta também com o envolvimento de embaixadas e instituições culturais e educacionais de diversos países, como o Senac.
O Diretor Regional Sesc Senac Ceará, Rodrigo Leite, ressalta que a participação da instituição no IFS está em sintonia com os novos projetos do Senac: “Estamos vivendo uma nova fase, com um projeto pedagógico nacional e maior apoio aos jovens talentos, acompanhando-os para além da sala de aula, dando oportunidade de transformar sua vida com conhecimento e resultados”. A instalação criada por David Lee conta com direção criativa de Eduardo Motta, curador de moda e consultor do Senac, que também atuou na preparação do designer durante o processo seletivo.

Da tradição nordestina ao experimental
Do dia 15 a 22 de fevereiro, o Senac leva outras duas exposições à Embaixada do Brasil em Londres. Uma delas é a mostra Meu Coração Coroado, com obras do Mestre Espedito Seleiro, reconhecido como Mestre do Couro. O cearense ganhou renome internacional com suas criações de design único, transformando as tradicionais peças de couro tão usadas no sertão nordestino em itens de moda. Colorindo o couro e criando recortes diferenciados com o material, o artesão deu novo significado ao ofício de seleiro que herdou da família, atuante no ramo há seis gerações. Além expandir o alcance e as possibilidades da arte com o couro, o mestre ainda repassa seu saber às novas gerações, mantendo viva a cultura popular.

A mostra leva o mesmo nome do livro escrito e organizado por Eduardo Motta e lançado pela Editora Senac, que reúne uma série de obras de Mestre Espedito. “No conjunto dos artefatos criados por Mestre Espedito - roupas, bolsas, calçados, objetos utilitários e itens de mobiliário - estão ancorados elementos decorativos e técnicas ancestrais no trato com o couro”, afirma o autor. Com uma arte tão autêntica que desperta o interesse não apenas do mercado da moda e do design, mas também da comunicação e pesquisa, o cearense morador de Nova Olinda segue ganhando espaço com seu trabalho único, que já esteve em projetos como a coleção de móveis Cangaço, fruto de parceria com os irmãos Campana.

Também estará em cartaz na Embaixada, no mesmo período, a coleção de moda A Hora do Brasil, resultado de uma experiência inédita promovida pelo Senac Ceará em parceria com o estilista Jum Nakao. As peças nasceram no Reality Project, uma ação realizada pelo Senac dentro da edição de 2012 do Dragão Fashion Brasil, maior evento de moda autoral do país.

O projeto reuniu, durante cinco dias, 20 profissionais para criarem juntos uma coleção a ser desfilada no último dia do evento, com o público acompanhando ao vivo, in loco e online, todo o processo. O resultado foi uma coleção que mescla diversas culturas e saberes em 22 peças que, normalmente, levariam meses para ficar prontas, projetadas e executadas em tempo recorde por um time formado por estilistas, designers, costureiras, artesãos, instrutores do Senac e estudantes, sob a coordenação de Nakao. A exposição já percorreu diversos estados brasileiros com a perspectiva de transformar uma mostra de moda em um espaço de experimentação.

As duas exposições têm a curadoria do designer cearense Érico Gondim. A realização é do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), instituição criada e mantida pelos empresários do comércio, e do Sistema Fecomércio Ceará, em parceria com a Embaixada do Brasil em Londres.

Sobre o Sistema Fecomércio
O Sistema Fecomércio é formado por instituições privadas, criadas e mantidas pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo.
A Fecomércio, o Sesc, o Senac e o IPDC atuam como um Sistema, em que cada instituição tem seus papéis e missões.
Auxiliam no fortalecimento e defesa do segmento do comércio de bens, serviços e turismo, através da Fecomércio, na qualificação profissional, via Senac e na realização de pesquisas de mercado e tendências de consumo com o IPDC. Oferecem ainda milhares de ações em educação, cultura, esportes, lazer e promoção social, por meio do Sesc.

Voltar